Embraco - Reúso de Areia Descartada de Fundição


O programa Jovens Inovadores em ODS selecionou 15 grupos de jovens de quinze empresas diferentes para acelerarem suas ideias inovadoras que se relacionam diretamente com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. O programa começou em agosto de 2019 e aconteceu em parceria entre Pacto Global/ONU e Centro de Intraempreendedorismo. Uma das empresas selecionadas foi a Embraco com o seu projeto "Reúso de Areia Descartada de Fundição".



Qual problema o projeto visa responder?

A Embraco é uma referência mundial na produção da cadeia de refrigeração doméstica e comercial.¹ No entanto nesse processo de fabricação a Embraco gasta aproximadamente R$ 300 mil por ano para destinar a areia de fundição ao aterro industrial. Com o intuito de reduzir os custos e os impactos ambientais advindos desse descarte a Embraco pensou numa solução. Essa areia pode ser reutilizada em outros processos industriais através de parcerias com ONGs e empreendimentos que fariam esse reuso.



Qual é o projeto?


Cerca de 60% da produção de areia no sul do Brasil é utilizada em fundições e depois é destinada como resíduo inerte para aterros industriais. Por meio da economia circular, propomos encontrar formas de reusos da areia de descarte de fundição por empresas que necessitam dessa matéria prima em seus processos. O impacto pretendido será a redução de extração de areia, aumento de vida útil de aterros e redução de custos de destinação.



Como o projeto vai gerar valor para a organização e para a sociedade?

Vai reduzir os custos com a destinação de ADF em aterros industriais e também vai reduzir impacto ambiental da vida útil dos aterros.



Objetivos do Desenvolvimento Sustentável impactados:






¹ Site oficial da Embraco. Disponível em: <https://www.embraco.com/pt/sobre-a-embraco/

2 views
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now